Dica de filme!

Fim de semana chegando, que alegria!

Hoje trago uma dica para aqueles que adoram ver um filminho com aquela pipoca quentinha:

O fabuloso destino de Amélie Poulain!

O fabuloso destino de Amelie Poulain
A primeira vez que assisti, foi há alguns anos no Telecine Cult. Quando contei toda empolgada ao marido (na época namorado) sobre o filme, ele falou “Afff… passou no Telecine Cult? Deve ser chato pra caramba… é em preto e branco também???” rs. Pois bem, fiz questão que ele assistisse e devo dizer que ele adorou! E olha que é difícil ele gostar tanto de um filme. Mas a ojeriza ao canal ainda persiste… rs

Vira e mexe passa lá no T. Cult, mas  já vi em alguns outros canais, já que a protagonista, Audrey Tautou, também fez parte do famoso “O Código Da Vinci”, então acabam o veiculando também.

É um filme francês (se puder, assista com legenda e áudio original, muito mais legal!) do gênero comédia romântica. Mas é bem diferente dos filmes que vemos por aí nesse estilo, tipo os da Jennifer Aniston (que eu adoro também).

O filme, passado em Paris, conta a história de uma jovem moça que mora sozinha num apartamento e que passou grande parte de sua vida somente observando a vida passar em seu mundinho particular (e bem peculiar, diga-se de passagem rs), sem maiores emoções.
Seu destino começa a mudar quando, ao ouvir no noticiário sobre a morte de Lady Di, deixa cair a tampa de seu perfume. O objeto sai rolando e bate no rodapé de azulejo do banheiro, que se solta e revela uma caixinha de metal escondida neste compartimento secreto.
Amélie abre a caixinha e fica encantada com o conteúdo. Eram “tesouros” guardados por uma criança! A moça logo imaginou o quão legal seria devolver ao dono.

Cena_caixa_de_tesouros_Amelie_PoulainE é a partir daí que a história começa a ficar super intrigante, já que ela consegue encontrar o dono, mas devolve suas memórias de infância de forma anônima, cheia de estratégias. Ao notar que ele chora de alegria e emoção ao recuperar seu tesouro, a vida de Amélie ganha um novo sentido!
Ela resolve ajudar a todos ao seu redor, mas sempre desta forma: anonimamente e repleta de estratagemas! E foi numa dessas que ela acabou encontrando seu grande amor, um moço um pouco excêntrico também, digamos… rs

Uma cena muito tocante para mim, foi quando ela decidiu ajudar um senhorzinho cego a atravessar a rua e o guiou descrevendo detalhadamente o que se passava ao redor, como os preços das comidas, de onde vinha o aroma delicioso que pairava no ar e o que o cachorro estava fazendo. Amélie deixa o senhor, segue o seu caminho e o mesmo fica com a maravilhosa sensação de ter enxergado tudo o que passou! Um ato tão singelo, mas com um significado tão belo.

E o momento engraçado (e lição de vida também, por que não?) foi quando Amélie decidiu fazer o pai viajar e aproveitar a vida enquanto pode, já que o mesmo “parou no tempo” após se aposentar e, principalmente, após a morte da esposa.
Um dia, vendo seu pai fixar no jardim um anão que ele havia restaurado, Amélie teve a ideia de arrancar o objeto de lá, escondida. Entregou-o a sua amiga aeromoça e pediu para que ela enviasse fotos a seu pai.
Ele deu falta do anão, mas achou que tivessem roubado. Imaginem a surpresa do homem quando recebeu pelo correio fotos do pequeno na Rússia, Estados Unidos e até no Camboja… rsrs.

Anão_Amelie Poulain Anão_Amelie Poulain_2O anão viajante!

O sr. Poulain, muito confuso e intrigado, conta a situação para Amélie, mas em nenhum momento ela revela o segredo… hehe. Até que…

Sério, eu gosto de todas as cenas, estratégias e personagens, poderia passar uma tarde inteira falando sobre eles e, se algum dia for à Paris, certamente passarei pelos locais onde foi rodado!

Enfim, é um filme muito gostoso de assistir, simples, leve, de uma delicadeza ímpar, que enfatiza pequenos momentos da vida, porém muito profundo também! Um dos meus preferidos e que eu recomendo a todos!

E por mais vezes que eu assista, sempre termino com um sorriso no rosto! =)

♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Amelie_Poulain_criançaAcima, uma das simples coisas da vida que trazia alegria à Amélie, quando criança! Eu fazia isso com aqueles salgadinhos sabor cebola em forma de anéis! rsrs

creme_brulee_amelie_poulainE, adulta, ficava feliz em ouvir o som ao quebrar a casca do crème brûlée com a colher!

Eu também tenho algumas peculiaridades com comida que me deixam feliz, mas não vou contar, pois é algo muito esquisito e vocês vão me achar biruta da cabeça (ou terão apenas certeza!) rs Tem a ver com sopa e macarrão de conchinha. Marido sabe e esta é a cara dele quando eu mostro:

tsc-tsc-tsc

Algumas curiosidades sobre o filme, você pode encontrar aqui!

Sobre o anão… como eu queria ter a criatividade dessas pessoas e ter carregado um comigo também em minhas viagens:

anão_viajante_Amelie_PoulainSe curtiu a ideia, este você pode fazer ou comprar aqui!

anão_viajante_Amelie_Poulain_2E este, numa lojinha que eu nunca comprei nada, mas adoro os itens: Os segredos do Vitório (haha a começar pelo nome da loja)

Por um acaso, eu também já fui a estes lugares por onde estes anões passaram! =)

Para finalizar, inspirada no post de hoje, as frases são provenientes do filme:

“Sem você, as emoções do amanhã serão apenas pele morta das emoções do passado”. Hipólito (personagem do filme)

“Até as alcachofras têm coração”.

 ♦   Alguém já assistiu??? Se sim, o que acharam???   ♦

Um ótimo final de semana a todos!!!! o/

7 ideias sobre “Dica de filme!

  1. Eu devo ser a única pessoa do mundo que viu o filme e não gostou. Toda a gente que conheço que viu adorou e fala super bem dele. A mim não me disse nada.
    Mas fico à espera de mais sugestões! 🙂
    Beijocas*

Olá, obrigada pela visita. Deixe seu comentário!